Os perigos da Internet - Pais e Filhos - Baleia Azul

April 19, 2017

As pessoas precisam entender que a Internet é tão perigosa quanto deixar seu filho andar na cracolândia.... Quando um jovem lhe pede para sair com amigos, é comum dos adultos que lhe guardam perguntar com quem? Aonde vai? Que horas volta?

 

A pergunta que faço, você sabe com quem seu filho está “saindo” na Internet? Eu digo que muitos pais e mães não sabem com quem seus filhos conversam e nem com quem interagem.

 

A grande maioria não tem idéia do que o filho posta, e pior, quem adiciona: a moda dos adolescentes é quem tem mais seguidores. Quem é mais popular?

 

E para muitos, é mais fácil deixar o filho com o tablete na mão que se “preocupar” com quem ele anda. É ingenuidade isso...

 

Hoje existe um liberalismo exacerbado na condução da criação dos filhos, a criança escolhe o que come, onde quer sentar e a roupa que quer usar.

 

É certo que a Doutrina da Proteção Integral entende que crianças e adolescentes são sujeitos de direito e por isso tem direito fundamental à liberdade de escolha. É uma autonomia necessária, que deve ser conquistada pela confiança.

 

A relação é a mesma de um adulto: se o banco confia em você, diante do seu regular pagamento de contas, ele lhe empresta dinheiro. Se falha, perde a confiança e o crédito.

 

Com crianças e adolescente deve ser assim também. É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar que crianças e adolescentes estejam protegidos. Então veja que a família desempenha um papel fundamental dentro do sistema protetivo.

 

É dever dos pais saber o que ocorre com a vida do seu filho, seja no mundo real ou no mundo virtual. Não se trata de invasão de privacidade uma conversa franca e aberta, explicando para seu filho que, diante da sua experiência de vida, que você quer ver as conversas do celular para ajuda-lo a se proteger. De certa forma proponho que a liberdade da criança e do adolescente deve ser até aonde seus olhos enxergam... uma liberdade monitorada em razão de sua condição peculiar de existência.

 

 

Ocorre que a omissão cria um abismo, abrindo portas para inúmeros problemas. A depressão de não ser reconhecido no grupo social faz com que muitos se envolvam com drogas, álcool e agora por último, das provas temáticas ao suicídio.
 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Sequestro Internacional de Crianças da Convenção da Haia - considerações importantes.

July 9, 2017

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017-2020 por Borralho e Rabaneda.

v.3.3.0 - 15042020180000.

Visitantes:

Siga-nos: